Porto Alegre vibra e mundo muda

Parece que todo mundo em Porto Alegre está escrevendo um livro, montando uma peça, articulando um festival, criando alguma coisa, fazendo coisas acontecerem. Todo mundo também reclama da falta de grana da cidade. Ontem foi mais um dia intenso para nós, cheio de conversas interessantes com gente interessante, e volta e meia o assunto voltava para esse ponto: de onde vem toda essa energia aqui nesta cidade? E como pagar as contas?

Resumo para não cansar você com tanta hiperatividade. Primeiro falamos com o Paulo Scott, sujeito impressionante de tão ativo. Escritor, poeta, jurista, professor de direito, ex-surfista, ex-dono de marca de surf, 40 anos de idade. Ele tem 6 romances em andamento e vem se envolvendo em projetos por São Paulo, Rio, Porto Alegre e Europa. Projetos que misturam literatura com diversão e tecnologia (como a sinfonia poética, na qual ele faz o papel de um DJ de versos, e uma intervenção urbana de kombi programada para acabar só quando a polícia chega). O Scott, como se não bastasse, conhece todo mundo e sabe tudo o que está acontecendo. Foi uma conversa bem legal, bem inspiradora, inclusive com uma análise jóia dos problemas das revistas brasileiras (ele: “toda hora alguém aparece com um projeto de criar uma grande revista, mas nunca dá certo”).

Depois demos uma passadinha pelo Gig Rock, o festival de rock independente de Porto Alegre, onde recebemos uma aula sobre a cena musical independente brasileira. Ficamos sabendo que há um Coletivo de Produtores no qual os festivais ajudam uns aos outros a ficar de pé. E entendemos que, logo logo, no Brasil, vai haver uma rede de festivais grande o suficiente para que bandas fiquem na estrada por meses fazendo shows. A cena independente está se profissionalizando.

Em seguida juntamos numa mesa de bar os quadrinistas do Power Trio e os anarquistas da Deriva. Os caras do Power Trio pagam as contas fazendo trabalhos como freelancer (um deles desenha o Batman e o Super Homem para os Estados Unidos!) e, nas horas livres, fazem seus próprios gibis autorais. Os caras da Deriva inventaram de traduzir livros com idéias libertárias usando um wiki na internet – as traduções são coletivas e os lucros (pequenininhos) são compartilhados. Agora eles estão escrevendo um livro com o sistema wiki. Se você quiser participar, é só entrar no site deles e se incorporar à confusão criativa.

O mundo está mesmo ficando bem interessante.

Anúncios

9 Responses to Porto Alegre vibra e mundo muda

  1. Stefano disse:

    Quanta coisa rola aqui nesse sul que eu nem imagino!

  2. Baba disse:

    Também acho, Denis, que o mundo está ficando mais interessante. Tenho a mesma sensação que voce. A cada dia em que olho para os meus amigos, os meus sobrinhos, meus irmaos.. .Sinto todos dedicados de mais a mais a fazer coisas lindas e compartilhar isso com o mundo…. Boa viagem, boa semana, para voces..

  3. kio. disse:

    Cidade intensa!!

    Ainda estão pelas bandas do sul ou já zarparam?

  4. Diane disse:

    Olá!
    estamos esperando vocês com bolo e chimarrão, aqui na Oferenda!
    um abraço.

  5. Denis Russo Burgierman disse:

    Estamos agora em Foz do Iguaçu, rumo ao Mato Grosso do Sul, kio. E perdemos o chimarrão. Maldição.

  6. adso disse:

    Pessoal,

    O site do projeto do livro e das traduções da galera da Deriva é:
    http://protopia.wikispaces.com
    (se puderem, consertem o link no corpo do texto.)

    abraço

  7. Denis Russo Burgierman disse:

    Desculpe, adso, mal aí. Tá corrigido! até

  8. […] habitual de SP, mas com qualidade, público animado, tudo bem feito. De cara topamos com o Iuri Freiberger, produtor do Gig Rock gaúcho, que tínhamos conhecido em Porto Alegre. Depois de 12 dias na […]

  9. […] o Felipe Obrer, agitador cultural de Floripa, chamou isso. Ou, nas palavras do pessoal do coletivo Deriva, de Porto Alegre, que traduz livros quase de graça de maneira colaborativa, “colocamos […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: