‘A Vista é boa e você tem que conhecer…’

Porto Alegre 2 092

Já eram quase 10 da noite de um domingo quando a gente invadiu a redação da Vista, em Porto Alegre. Uma revista de skate art e cultura urbana, gratuita, com uma tiragem de 20 mil exemplares, 21 edições nas costas e até uma versão online, chamada de Vista 72. Como eu não tinha ouvido falar nela antes? Pois é, isso é algo que a gente anda se perguntando várias vezes estrada afora.

Ok, voltando: eram quase 10 das noite de um domingo. Difícil imaginar que alguém estivesse ali trabalhando, mas a Vista não é uma revista qualquer. A equipe estava quase toda lá dentro da salinha de 2 andares, embalando e preparando a nova edição, recém-chegada da gráfica, para ser enviada pelo correio. Trabalho braçal mesmo.

A Vista começou numa encubadora tecnológica de Novo Hamburgo (RS). Hoje o Xande e o Tobias, que idealizaram o projeto e cuidam da parte editorial, vivem entre POA e São Paulo, conversando com anunciantes. E são os anunciantes que permitem que a revista seja gratuita – segundo o Tobias, o lucro com venda em banca seria tão insignificante que o único modelo que fazia sentido era o de distribuição. Generosidade intelectual. A publicação é feita ali mesmo, com eles dois tocando, mais um cara cuidando da grana, e muitos colaboradores — a Vista é feita de fora pra dentro.

E ela tem outro diferencial em relação às outras revistas de skate (e são muitas no país, mais do que para qualquer outro esporte): ela é linda. O projeto gráfico está sempre mudando e cada edição tem colaboração de vários artistas convidados.

Mas dá para tirar alguma grana de uma revista gratuita? O Xande diz que a grana que sobra não é muita. Inclusive a empreitada já teve momentos tensos, em que eles acharam que iam quebrar, talvez por estar tentando expandir o negócio além do que era razoável. “Mas aí eu pensei: cara, eu tenho meu sonho na mão. E vou desistir agora?”, ele falou. E, depois de um enxugamento ali e outro aqui, a Vista, revista e laboratório de idéias, continua linda. E os caras continuam trabalhando no domingo, sem hora para voltar para casa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: