Eme Esse – Pê Esse

Uma coisa que os roqueiros sul-mato-grossenses contaram me deixou pensando. Seguinte: eles disseram que existe rock aqui desde os anos 80. Mas o povo (quase) só fazia cover, até porque, quando arriscavam uma composição própria, o público bocejava. Só queriam sucessos. Era assim até outro dia. Mas agora mudou. Sabe por quê? Porque as pessoas encontram os mp3 na internet, baixam, aprendem e, quando tocam no show, já sabem cantar junto.

Conclusão: a internet não está servindo só para espalhar a música além das fronteiras. Serve também para tornar possível mais experimentação dentro das fronteiras. Para estimular bandas a tocar músicas próprias em público. E para tornar possíveis histórias como a que o Hugo contou: ele foi tocar no interior e um casal se aproximou para contar que uma música deles é a trilha sonora do casamento.

Anúncios

One Response to Eme Esse – Pê Esse

  1. Stefano disse:

    Exatamente!
    Tenho minha banda, tocamos muitos convers por isso também aqui, mas as coisas
    estão mudando. A internet ajuda a diversificar a cultura!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: