Duas coisas

Duas coisas:

1. Meu post da semana passada deu a impressão em algumas pessoas de que o projeto está parado. Nananina. Não é nada disso não. O projeto_secreto continua, bonitão. É só que as chances de ocorrer uma decisão agora sobre um grande lançamento são pequenas. A Abril está em compasso de espera, enquanto o tempo ruim financeiro não desanuvia. Enquanto isso, seguimos com o blog, polindo idéias e melhorando o projeto. Até acho bom: mais tempo para darmos solidez ao conceito. Não tem nada parado não.

capatar

2. Mencionei naquele post a revista tar, um título lindão americano sobre arte, lançado em outubro de 2008. Falei que tem algumas coisas nela que parecem muito com algumas das idéias com as quais temos trabalhado aqui. A tar é feita por um coletivo de gente talentosa e importante, a maioria da Nova York. A revista é  grossa como um livro, cheia de coisas inéditas, lindas e bem feitas. Ela é semestral e a idéia é que a revista seja só uma das muitas coisas que esse coletivo produz. Além disso, eles são um selo que vai lançar livros, filmes e sabe-se lá mais o quê.

Achei legal porque é a revista de um coletivo, e a história dos coletivos está no centro do nosso jeito de pensar. Também porque eles querem que a revista seja mais que uma revista: que seja um objeto de arte. Pensamos a mesma coisa. A outra coincidência é essa história de haver a revista e um selo. Nós também queremos criar um selo, que vai servir para dar voz a toda essa geração de gente talentosa. É legal ver que idéias parecidas com a nossa estão germinando por aí. Dá uma sensação de confirmação, de que tem mesmo um movimento na direção que estamos apontando. Já pedi para uma amiga me mandar a revista de Londres. Quando chegar aqui conto.

Anúncios

6 Responses to Duas coisas

  1. Flausino, L disse:

    Caramba, Denis.
    Que mal, cara. Havia lido sobre a diminuição do andamento do projeto na editora por conta da crise.

    Só pra aumentar a expectativa de poder botar as mãos em um material inspirador.
    Inclusive, mesmo sem poder dizer, já existe algo mais concreto, ou a proposta feita para a editora pode se transformar uma vez tendo a aprovação para “funcionar”.
    Já existe nome, uma “proto revista”?

    De qualquer forma, tendo ou não revista física, já existe esse espaço pra dar vazão à nossa vontade de participar de poder ouvir e falar também.

    Mais uma vez, boa sorte pra vocês aí.

    Flausino

    P.S.: a Tar é muito legal. Fiquei contente em saber que há interesse em fazer um selo também. Algo como DVD ou CD de música, a mão, na banca. Seria muito legal. A idéia de coletivo no processo de criação também é muito boa. Foi como tu disse, cara: “Dá uma sensação de confirmação, de que tem mesmo um movimento na direção que estamos apontando”. Isso é impressão tua e de todos que participamos prazerosamente deste espaço de troca de experiências. 😀

  2. Pio disse:

    Oi Denis,

    um início aqui!
    O Projeto Secreto já começou.

    Fico pensando em reportagens como Histórias em Quadrinhos.
    Esse domingo o Mais trás um comentário de George Steiner sobre essa linguagem.
    Tem algumas citações acadêmicas que jogam o Quadrinhos para um campo contemporâneo de comunicação, inclusive jornalístico.

    Se pensarmos uma versão online, cada quadrinho de uma história pode ser um mundo, um hipertexto por si só.

    Desenvolver histórias fotográficas usando da narrativa de comics tem sido pretendido há um tempo aqui na Cia de Foto.

    Fica a sugestão para ser compartilhada.

    Massa a TAR! Vcs conhecem a Useful Photography (http://www.usefulphotography.com)? É muito legal também.

    Abraços e que bom tramar um projeto secreto.

  3. Denis Russo Burgierman disse:

    Grande Pio,
    Que legal, temos pensado bastante sobre reportagens em quadrinhos e também sobre usar fotografia nas HQs. Na viagem Brasil afora, encontramos vários bons quadrinistas e falamos bastante disso. Estou lendo a série “O Fotógrafo” (você leu?), que mistura fotografia com HQ e fiquei empolgadíssimo com as possibilidades dessa combinação para fazer reportagem. Taí uma coisa para fazermos juntos quando o projeto sair do papel, né?
    Parece bem legal a Useful Photography. É uma revista anual?
    abraço!

  4. Barbara Axt disse:

    Ola Denis,
    A revista esta a caminho, quando chegar por favor me avise! Engracado que ha algumas semanas a New Scientist usou uma foto novela para ilustrar uma materia sobre “DNA matching,” com os jornalistas como “atores” (era a edicao de natal, pena que nao tenho mais ela a mao para escanear – se vc receber ela ai, de uma olhada – tem um robozinho na capa). Tomara que a moda dos quadrinhos pegue.

  5. Denis Russo Burgierman disse:

    Valeu pela dica – e pela tar -, Barbara.
    O pessoal da Super assina a New Scientist, vou olhar lá.
    Mas “O Fotógrafo”, que eu citei, é um pouco diferente de uma fotonovela. É uma HQ, que conta a história de uma expedição do Médico Sem Fronteiras no Afeganistão. Mas, em vez de desenhar cada quadrinho, optou-se por usar fotos – tiradas de verdade durante a expedição – sempre que elas se encaixassem na história (e desenhos quando não houvesse fotos). Achei o resultado muito foda. É jornalismo, é documental – estão lá as fotos para provar. Mas é também arte, é HQ, é narrativa, é história bem contada. Muito massa.

  6. Barbara Axt disse:

    Eu ja ouvi falar do Fotografo, ja vi algumas das paginas e achei muito bacana – mas ainda nao li… Mas um dos livros mais impactantes que ja li foi Maus, do Art Spiegelman. Nem foto tem, mas eh uma das narrativas mais fortes sobre Holocausto que ja vi. Eu gosto muito de arte sequencial em geral, porque ela funciona bem em certos espacos em que tanto o texto quanto a fotografia deixam alguma coisa “faltando”.
    (a historinha da New Scientist eh bem bagaceira, mais pra parodia – na verdade ela funciona mais como uma ilustracao do que qualquer outra coisa – mas eh muito mais rica do que uma “simples” ilustracao)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: